Simão Jatene vira réu no STJ por corrupção

O governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), se tornou réu por corrupção passiva no Superior Tribunal de Justiça. Jatene é acusado de receber mais de R$ 16 milhões da cervejaria Cerpa entre 2002 e 2004.

Segundo a ministra Maria Thereza de Assis Moura, relatora do processo, o ex-governador Almir Gabriel (já falecido) concedeu isenções fiscais à Cerpa em troca de recursos para o caixa dois da campanha do correligionário Jatene.

(Com informações da Revista Veja)

Postar um comentário

0 Comentários