Pacajá: Violência faz sociedade se reunir em busca solução para os constantes crimes na cidade

A reunião aconteceu em um dia turbulento em que foram registrados vários crimes, assaltos e acidentes na cidade, inclusive com a morte de um acougueiro logo nas primeiras horas desta quinta (20). É essa onda de violência que está assustando a população e prejudicando o comércio local em Pacajá, cidade de 45 mil habitantes às margens da BR230 no sudoeste do Pará.

Convocada através de ofícios pela presidente da Associação Comercial de Pacajá, a reunião foi realizada na câmara de vereadores do município, na mesa estiveram autoridades como;
o Sargento Beichimol, feche do comando da polícia militar, promotor da comarca de Pacajá Sr. Bruno Fernandes, o delegado da Polícia Civil, vereadores, secretário de administração Cloudoado Aguiar, secretário de meio ambiente, André Rezende, secretária de Educação, Sra Maria Edineide, secretário Habilitação Sr Cristiano Melo, o prefeito em exercício Chico Direta. Entre outras autoridades e representantes da sociedade.

A população cobra mais efetivo policial para o município e uma força tarefa ou plano emergencial para frear a onda de violência que se instalou na cidade. Só na quarta-feira até uma casa lotérica foi alvo de bandidos, os assaltantes fizeram "um limpa" no local.

"Nossas famílias estão amedrontadas, já tenho o contato do secretário estadual de segurança pública e vamos em busca de apoio, estamos clamando por socorro em Pacajá, vivemos trançados dentro de casa com medo, a reunião já é uma forma de chamarmos as autoridades discutir conosco esse problema grave" explica Marinalva Soares

Por: Felype Adms

Postar um comentário

0 Comentários