Vaza nome dos investigados na operação Ábaco da Polícia Federal em Itaituba

Lista vem sendo compartilhada no whatsapp e mostra nomes como o do ex prefeito de Jacareacanga Raulien Queiroz e outras pessoas de sua confiança.

Lista de investigados na operação Ábaco, da PF.

Após a veiculação das notícias relacionadas a operação Ábaco, da Polícia Federal (PF) em Itaituba, que desarticulou uma quadrilha que atuava em Itaituba e Jacareacanga com desvios de recursos públicos, começou a circular em grupos de whatsapp a imagem de um documento que mostra o nome de todos os investigados, entre eles está o ex prefeito de Jacareacanga Raulien Queiroz. Também estão na lista pessoas de confiança de Raulien.

O assunto viralizou rapidamente, e o mais comentado nos grupos por envolver pessoas muito conhecidas em Itaituba.

A operação

PF cumpriu mandado de busca e apreensão em órgãos públicos, empresas e residências de Itaituba.

A operação iniciou na manhã desta terça-feira (25), visando desarticular uma organização criminosa que desviava recursos públicos federais destinados à educação básica. Até o momento foram apuradas fraudes de R$ 5 milhões em prefeituras da região Oeste do Pará.

Estão sendo cumpridos 21 mandados de busca e apreensão, 16 em Itaituba/PA, 04 em Jacareacanga/PA e 01 em Santarém/PA, em órgão públicos, empresas e residências.

Durante a operação foram arrecadados documentos que comprovam a ilicitude dos atos praticados pelas empresas, onde pode-se comprovar que há empresas que realmente não existem. Mídias em geral, que serão analisadas posteriormente, também foram apreendidas. O delegado responsável pelo caso, Rômulo Rodovalho, em entrevista na manhã de hoje, informou que até aquele momento ninguém havia sido preso.

Fonte: Portal Giro

Postar um comentário

0 Comentários