CRIME BÁRBARO NA MADRUGADA DESTE DOMINGO EM ALTAMIRA

Um mototaxista foi morto na madrugada deste domingo, por outro colega de profissão. 


O crime bárbaro em que a cabeça da vítima foi decapitada, teria sido motivado por ciúmes. A briga aconteceu em uma vila, onde um dos trabalhadores morava, na rua Castelo Branco.

A polícia militar foi acionada via Niop para atender uma ocorrência de briga doméstica no local, mas ao chegar, se deparou com a cena macabra. A vítima, Júlio César Alves de Sousa (foto: de boné), estava com o corpo preso a uma árvore, e sua cabeça estava na área, dentro da casa.

Júlio César Alves de Sousa (vítima)

O responsável por toda essa atrocidade teria sido Antônio Teixeira Vieira Correia Júnior (foto: sem camisa), que também é mototaxista, e teria matado o colega por ciúmes da esposa.

Antônio Teixeira Vieira Correia Júnior (acusado)

A polícia militar fez buscas pela área à procura do suspeito, mas ele fugiu. A categoria já externou sua revolta com a situação, e chegou a fazer um ato de repúdio pelo ocorrido já na manhã deste domingo.
O presidente do sindicato que representa os mototaxistas em Altamira, informou que o ato covarde foi um ataque aos colegas, e que não compactua com atos de violência. Ele espera que a justiça seja feita.
Por Karina Pinto | Xingu 230

Postar um comentário

0 Comentários