Ciclista morre após ser atropelado por carro de taxista na rodovia transamazônica em Itaituba

Testemunhas afirmam que por pouco outras pessoas não foram atingidas pelo mesmo veículo na rodovia; Motorista era um jovem de 21 anos que foi preso.

Bicicleta utilizada pela vitima.

Um gravíssimo acidente de trânsito tirou a vida de um homem identificado como Joabe Monteiro de Brito, de 45 anos, na noite deste sábado (01), por volta das 19h40, na rodovia transamazônica, na altura do km 03, próximo ao semáforo.

Homem morreu ainda no local.

Segundo testemunhas, houve uma forte colisão, onde a vítima foi arremessada por cerca de 15 metros e morreu ainda no local.

O motorista do carro foi identificado como Wilson Silva, um jovem de apenas 21 anos de idade que apresentava sinais de embriaguez. Ainda segundo testemunhas, ele seguia em alta velocidade e por pouco não fez outras vítimas, ao menos três pessoas diferentes procuraram a delegacia para relatar que quase foram atropeladas pelo mesmo veículo.

Segundo informações apuradas, o acusado não prestou socorro à vítima e logo após o acidente seguiu viagem para o bairro São Francisco, ele foi preso em flagrante pouco tempo depois em um estabelecimento comercial, em seguida apresentado na décima nona seccional de polícia.

Restos das vestes da vitima ainda ficaram no veículo.

O carro conduzido pelo acusado é um táxi, e seria de propriedade do pai do mesmo, o veículo foi apreendido e encontra-se no pátio da delegacia. Com a colisão a bicicleta da vítima ficou completamente destruída, inclusive, restos de suas vestes ainda ficaram no carro, como é possível notar na imagem ampliada acima.

Segundo o irmão da vítima,  Joabe morava em Itaituba há menos de um ano. Ele residia no bairro da Coca e no momento do acidente estava indo para o centro da cidade, como fazia com frequência. O irmão disse estar indignado com a situação e, juntamente com outros familiares, estão na delegacia para pedir providências das autoridades.

Fonte: Portal Giro

Postar um comentário

0 Comentários