Polícia Militar encontra carga de cacau roubada na BR-230

Policiais do Grupamento Tático Operacional – GTO, encontraram na tarde desta segunda, 6 de agosto, a carga de amêndoas de cacau avaliada em mais de R$ 130 mil reais, que havia sido roubada na semana passada na BR-230, conhecida como Rodovia Transamazônica, perto de Anapu. 



A carga estava escondida em uma vicinal da PA-167, estrada que liga a BR 230 ao município de Senador José Porfírio e a cerca 35 km de distância da rodovia. Os policiais militares chegaram até o local após receberem informações de populares que teriam visto, o caminhão carregado entrar na PA na quinta-feira à noite e retornar na sexta.  No local a polícia não encontrou nenhum suspeito de participação no roubo, somente a carga abandonada. 


As 403 sacas, pensando cerca de 23 toneladas e avaliadas em mais de 130 mil reais, estavam cobertas por uma lona e escondidas em uma área de mata. A polícia fez a escolta do carregamento até a cidade de Altamira, onde foi feita um auto de entrega ao proprietário, Jeomar Góis. 


O empresário afirmou ao jornal A Voz do Xingu que estava feliz por ter encontrado o motorista com vida e, com o trabalho da Polícia, em recuperar o caminhão e a carga. Perguntando se teria suspeita de quem cometeu o crime, ele afirmou não ter nem ideia de quem são os criminosos.

ENTENDA O CASO:
O carregamento de cacau saiu da cidade de Novo Repartimento, na última quinta-feira, 2 de agosto, com destino a cidade de Altamira. O motorista Alexssandro Sampaio, de 38 anos, conhecido como Muriçoca, que conduzia o veículo. Ele desapareceu juntamente com o caminhão carregado, após fazer contato com a esposa, por volta das 20h, no município de Anapu. No dia seguinte funcionários da empresa Cerialista Góis começaram a procurar pelo motorista e pelo caminhão. Somente 24 horas após o desaparecimento, e já com uma grande repercussão nas redes sociais, localizaram Alexssandro. Ele se encontrava amarrado, bastante machucado e inconsciente, cerca de 5 km da BR, no travessão do Flamingo Norte, que fica a 30 km antes da Comunidade de Belo Monte.
O motorista só foi localizado depois que um senhor entrou na mata e percebeu que ali havia um homem jogado. O senhor acionou a polícia que ao chegar ao local constatou que se tratava do motorista que estava desaparecido. Ele foi encaminhado de ambulância para o hospital municipal de Anapu, onde recebeu os primeiros atendimentos e teve alta, mas na manhã do último domingo já em sua casa na cidade de Medicilândia, ele voltou a apresentar piora no quadro de saúde e voltou a ser internado no hospital municipal de Medicilândia, apresentando desidratação. Alexssandro foi medicado e continua internado, mas não corre risco de morte.
Ainda na manhã de sábado, os policiais militares de Anapu, encontraram o caminhão, que foi abandonado pelos bandidos no travessão do Surubim, também na região de Anapu. O caminhão estava vazio. A partir daí a polícia concentrou as buscas em localizar as mais de 20 toneladas de cacau.
(Fotos e Texto: Wilson Soares – Jornal A Voz do Xingu)

Postar um comentário

0 Comentários