Plantão: Polícia civil prende acusado de agenciar assassinato do fazendeiro Luciano Fernandes

Em continuidade a Operação ‘Insídia’, deflagrada no dia 14 de junho de 2018, para apurar o homicídio do fazendeiro LUCIANO ALBANO FERNANDES, a Polícia Civil do município de Anapu deu cumprimento nesta terça-feira (14) ao mandado de prisão preventiva de JOSIEL FERREIRA DE ALMEIDA, conhecido como "Gato de Botas". Ele é apontado nas investigações como agenciador da morte do fazendeiro, ocorrida no dia 19 de maio de 2018. No momento do cumprimento do mandado, Josiel estava de posse de um revólver calibre 38, municiado.


Segundo o Delegado Wallison Damasceno, Superintendente regional da polícia civil, após a representação, a Justiça em Anapu converteu a prisão temporária do madeireiro Tarcísio Oliveira, em prisão preventiva. Tarcísio está preso desde o dia 14 de junho de 2018, quando foi detido no estado da Paraíba, por polícias civis do Núcleo de inteligência de Altamira.

No dia 18 de junho, os policiais da Superintendência Regional do Xingu, sob o comando do Superintendente Wallison Damasceno, cumpriram mandados de busca e apreensão, e a prisão em flagrante de Cláudio Peixoto Aragão, por receptação de veículo. “Hoje foi realizada mais uma fase da operação Insidia, sendo que outras diligências e apurações estão sendo realizadas para concluir as investigacoes e prender todos os envolvidos na morte do fazendeiro Luciano Albano Fernandes” declarou o delegado Wallison Damasceno.

Por Karina Pinto, com informações de Joabe Reis - Anapu
Foto: Polícia Civil

Postar um comentário

0 Comentários