Plantão: Jovem pede justiça após um ano do assassinato do marido, e de seu irmão.

O crime aconteceu em agosto de 2017. Eliezer Alves Ramos estava na porta de sua casa, em Breu Branco-PA, quando foi surpreendido por Thairo Camilo Barroso, que chegou armado, e atirou no rapaz. 


Como era domingo, várias pessoas estavam na porta de casa, entre elas, a esposa de Eliezer, Leonicy Rezende, e o jovem Lucas de Abreu Rezende, irmão de Leonicy.
Ao presenciar a cena, a esposa da vítima começou a gritar por socorro, e pedir ajuda aos vizinhos. Lucas tentou socorrer o cunhado, e pedir para Thairo não atirar no rapaz. Apesar dos pedidos, o criminoso foi ainda mais longe, e também matou Lucas. Desesperada, Leonicy saiu correndo com medo de ser a próxima vítima. Mas o assassino subiu em uma moto, e desapareceu.


O crime foi investigado pela polícia, que deu como motivação, ciúmes. Segundo o inquérito, Thairo Camilo casou com a ex-mulher de Eliezer, e nunca aceitou a aproximação entre os dois. Apesar do ex-casal ter um filho. Indiciado por duplo homicídio, por motivo torpe, e sem chance de defesa, o criminoso desapareceu de Abreu Branco, e até hoje, é considerado foragindo da justiça.


Inconformada com a situação, a família das vítimas lamenta as mortes, reclama da morosidade da justiça em recapturar Thairo Camilo, e busca por ajuda divulgando nas redes sociais a foto do criminoso. “Já faz um ano que meu marido e meu irmão foram mortos, e até hoje não conseguimos descansar, nós mudamos com medo do que poderia acontecer com a gente, deixamos a nossa cidade, eu não tenho mais forças para lutar contra tanta injustiça. Tudo o que nós pedimos é que o criminoso pague pelo que fez”, declarou Leonicy.


Por Karina Pinto

Postar um comentário

0 Comentários