Acusado de abuso sexual contra filha em garimpo de Itaituba é preso em Novo Progresso

A Prisão aconteceu na manhã deste sábado (21), o homem estava sendo procurado há mais de dois meses pelo fato ocorrido no garimpo Água Branca.


Homem foi preso após denúncia anônima.
A polícia de Novo Progresso efetuou, na manhã deste sábado (21), a prisão do homem que é acusado de cometer abuso sexual contra a própria filha, fato ocorrido no dia 02 de Maio deste ano no garimpo Água Branca, em Itaituba.

Valdivino Soares, de 47 anos, estava foragido há dois meses. A prisão preventiva foi decretada pela justiça de Itaituba. A prisão aconteceu após denúncia anônima feita para as polícias Militar e Civil. O acusado foi localizado no assentamento Terra Nossa, em Novo Progresso.

O homem deverá responder pela acusação de estupro de vulnerável. A policia informou que, no momento da prisão, o suspeito estava na companhia de uma criança de três anos – ele tentou fugir – a criança vai ser  encaminhada para exames médicos.

Valdo, como é conhecido, está preso na delegacia de polícia de Novo Progresso aguardando transferência para presidio de Itaituba, onde ficará à disposição da Justiça.

ACUSAÇÃO DA MÃE

Em entrevista, a mãe da criança, Andreia da Silva Lira, disse que tudo aconteceu quando ela levou a filha para visitar o pai. 

Ela conta que flagrou o ex-marido passando a mão nas partes íntimas da menina após deixa-los sozinhos por alguns minutos enquanto estava em outro cômodo da casa.
Mãe e filha costumavam frequentar regularmente a casa de Valdivino por morarem relativamente próximos.

Andreia contou ainda que a filha disse que essa não foi a primeira vez que o pai havia feito aquilo, e que o mesmo ameaçava a menina de morte para que ela não contasse pra ninguém.

Fonte: Jornal Folha do Progresso

Postar um comentário

0 Comentários