Polícia Civil incinera 600 quilos de drogas apreendidos nos últimos três meses



A Polícia Civil incinerou, nesta quarta-feira, 28, cerca de 600 quilos de drogas apreendidas ao longo dos últimos três meses, como resultados de operações policiais realizadas na capital e interior do Estado. 

A incineração foi realizada, pela manhã, na sede de uma indústria de cerâmica, localizada no município de Marituba, na região metropolitana de Belém. As drogas apreendidas foram conduzidas da sede da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos) para a indústria, onde gradualmente foram jogadas nos fornos da cerâmica. O procedimento de incineração foi autorizado pela Justiça. 
Do total, explica o delegado Hennison Jacob, diretor da Denarc, foram queimados 550 quilos de maconha e derivados, e o restante de cocaína. O policial civil ressalta que a incineração é o resultado final do trabalho desenvolvido pelas Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal no combate ao tráfico de drogas.
Conforme o delegado, na nova lei que trata sobre incineração de drogas, o juiz já determina no próprio auto de prisão em flagrante por tráfico a destruição das drogas. A Denarc do Pará é a primeira da região norte do Brasil. Atua no combate ao crime organizado e dá suporte à repressão ao tráfico de drogas. O delegado destaca a desproteção dos 15 mil quilômetros de fronteiras do Pará, o que favorece a entrada de drogas vindas dos países produtores, como Colômbia e Bolívia.
ASCOM/PC

Postar um comentário

0 Comentários