Top Ad unit 728 × 90

Governo reforça segurança com mais 141 novos delegados de Polícia Civil

“Hoje finalizamos todas as etapas do concurso público, mas começamos outra, que é o trabalho efetivo dos novos policiais que irão reforçar a segurança pública em todo o Estado”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, durante a posse dos 141 aprovados para o cargo de delegado. A cerimônia ocorreu na noite desta terça-feira (27), no auditório da Delegacia-Geral, em Belém, e contou com a presença do governador Simão Jatene. O governador parabenizou a todos pela aprovação e escolha de um cargo público tão importante, que tem a missão de proteger a população. “Vocês não estão sozinhos. A responsabilidade é grande e os desafios são maiores ainda, mas estamos trabalhando para que, juntos, possamos fazer uma polícia melhor, e assim prestar um melhor serviço à população”, afirmou Simão Jatene.


 O ingresso dos novos policiais faz parte dos compromissos assumidos pelo governador no pacote de ações imediatas para melhorar a segurança em 2018. “Entre as ações anunciadas estava a nomeação e posse dos policiais, o que foi cumprido até antes do prazo estimado. Mas os investimentos na segurança também incluem novos policiais militares, que estão em formação e, em breve, estarão nas ruas”, ressaltou o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes.


Ele também destacou outros investimentos. “Já entregamos veículos para a Guarda Municipal de Belém, e outros ainda serão entregues para outros municípios. Temos mais ações de reforço, como a criação da Delegacia da Mulher e da Divisão de Atendimento ao Adolescente, ambas em Ananindeua, assim como o fortalecimento da Divisão de Homicídios, para apuração dos crimes, e da Inteligência Policial. Tudo isso agora é possível em razão da posse dos novos policiais”, garantiu o secretário de Segurança Pública. 

Reconhecimento - Durante a cerimônia foi entregue o kit operacional, com arma, colete e algemas, que será utilizado nas ações diárias pelos novos policiais. O delegado Diego Máximo do Prado, 22 anos, recebeu o material representando os novos empossados. Natural de Goiânia (Goiás), o jovem advogado sempre sonhou em ser policial para, segundo ele, “dar voz a quem não tem”. “É uma vitória muito grande estar aqui. Cada um aqui pagou um preço muito grande por essa conquista. Eu, especialmente, deixei de ver o nascimento do meu filho. Só fui conhecer quando ele já tinha dois meses. Então, para mim, essa conquista tem um sabor especial e uma grande importância”, frisou Diego Máximo do Prado. Ainda segundo o policial, a gestão responsável do Estado e o prestígio da corporação no País foram fatores fundamentais para que decidisse fazer o concurso. 

“Além de ser um Estado com um salário atrativo, possui uma Polícia Civil bem estruturada, de acordo com as suas capacidades, e com isso tenho condições de desenvolver um bom trabalho aqui”, complementou. A paraibana Moema Carvalho, 35 anos, filha de delegado, vê sua entrada na Polícia Civil como um sonho realizado. “Seguir essa carreira era minha pretensão desde pequena, e aumentou depois que me formei em Direito. Estou preparada, e espero desenvolver um trabalho muito positivo em prol da população. Darei o meu melhor, sempre!”, afirmou. A nova delegada também destacou o trabalho da corporação na escolha pelo serviço público. “O Pará é atrativo em todos os sentidos, em suas belezas e, economicamente, para o servidor público, pois está com suas contas em dia. Além disso, é um Estado bem desenvolvido, e a polícia é excelente. Esses foram alguns dos fatores que contribuíram para eu estar aqui hoje”, declarou Moema Carvalho.
Concurso - Os novos delegados da Polícia Civil foram aprovados no concurso público iniciado em 2016, e finalizado no mês passado. O critério de lotação obedece à ordem de classificação no certame. O concurso aprovou ainda 289 investigadores, 166 escrivães e 19 papiloscopistas, empossados na última semana, que já estão atuando no interior do Estado.
A formatura ocorreu no dia 26 de fevereiro, durante cerimônia realizada no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas, após quatro meses de formação técnica e profissional na Academia de Polícia Civil (Acadepol). O curso foi o primeiro do Brasil a incluir sete disciplinas inéditas: oratória; atuação policial frente aos grupos vulneráveis; relacionamento com a imprensa e mídias sociais; abordagem psicopatológica do crime e da violência; investigação financeira no enfrentamento ao crime de lavagem de dinheiro; noções básicas de enfrentamento às fraudes veiculares e Língua Brasileira de Sinais (Libras). Esse foi o segundo concurso público feito em menos de quatro anos na Polícia Civil. Em 2014, ingressaram 386 novos policiais - 146 delegados, 90 escrivães, 131 investigadores e 19 papiloscopistas.
Conquista - “Essa é uma conquista para a instituição, para o Estado e para o povo paraense. A partir de agora vamos alcançar a mesma condição que chegamos em 2014, onde todos os municípios do Estado do Pará terão um delegado de polícia. Esta é uma condição ímpar e muito importante, pois a gente sabe da importância do trabalho que a polícia desenvolve, principalmente no interior do Estado”, destacou o delegado Rilmar Firmino. Ele falou ainda sobre a renovação do efetivo possibilitada pelos últimos concursos. “Hoje, um terço do nosso efetivo, de pouco mais de 3 mil policiais, tem menos de quatro anos, graças aos dois concursos públicos que o governador Simão Jatene realizou em sua gestão. Nesse período conseguimos ingressar na Polícia Civil 1.016 agentes. Nenhum estado da Federação conseguiu esse feito”, assegurou Rilmar Firmino. Por Lidiane Sousa (Agência Pará - Governo do Estado).

ASCOM/PC
Governo reforça segurança com mais 141 novos delegados de Polícia Civil Reviewed by Weslen Reis on 16:15:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados Plantão 24horas News © 2017
Powered by Blogger, Customizado por: Ideal Comunicação

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.