Região

BR230: Protestos fecham ponte em Medicilândia

Na manhã desta quarta-feira dia 31, motoristas de caminhão tiveram que estacionar o veículo e estão impedidos de seguir viagem. O motivo, uma ponte que apresentou problema, segundo os próprios motoristas o objeto está cedendo com a passagem dos veículos pesados, temendo uma possível agravação da situação ou possíveis acidentes alguns motoristas preferiram não se arriscar e tiraram a mão do volante.


A ponte fica na altura do km 94 da rodovia transamazônica entre os municípios de Medicilândia e Uruará.
Segundo relatos um caminhoneiro mesmo com o risco passou pela ponte, mas ela cedeu no momento da passagem do caminhão cerca de 25 cm. Durante as primeiras horas desta quarta-feira caminhões leves, veículos de passeio e motos estavam passando na ponte.
Os motoristas querem que o DNIT departamento nacional de infraestrutura e transportes responsável pela BR, resolva esse problema concertando a ponte pra que eles possam seguir viagem e chegar em seu destino final. Nossa equipe de reportagem tentou contato com o órgão, mas até o momento não tivemos respota.
Trafegar na rodovia transamazônica no período chuvoso é um dos maiores desafios enfrentado pelos motoristas, as fortes chuvas deixam a estrada escorregadia e os acidentes tendem a aumentar nessa época do ano, e por conta disso a atenção precisa ser redobrada pelos condutores e motoristas que trafegam pela estrada federal.
Além da lama, atoleiros e crateras que se formam ao longo da rodovia, um outro problema são as pontes de madeira que estão em péssimas condições, dificultando ainda mais a vida dos motoristas e moradores da região que precisam usar a estrada para chegar nas comunidades rurais onde residem.
Por: Felype Adms | Xingu230

Postar um comentário

0 Comentários