JUSTIÇA FEDERAL PROÍBE ENFERMEIROS DE UNIDADES PÚBLICAS DE SAÚDE DE FAZER DIAGNÓSTICOS E SOLICITAR EXAMES.

COM ESSA DECISÃO SOMENTE OS MÉDICOS PODERÃO FAZER PROCEDIMENTOS QUE ANTES ERAM FEITOS POR ENFERMEIROS, MAS ISSO PODERÁ COMPROMETER A QUALIDADE DO ATENDIMENTO AO PÚBLICO.


O Conselho Federal de Medicina  divulgou nesta quarta-feira dia (11) uma  Nota de Esclarecimento  sobre a decisão liminar da Justiça Federal que trata sobre a atuação de enfermeiros no Sistema Único de Saúde. A sentença, divulgada em 27 de setembro, proíbe enfermeiros de unidades públicas de saúde de fazer diagnósticos e solicitar exames.

A manifestação da justiça federal  aponta que a sentença não prejudica a assistência oferecida pelos programas, já que não proíbe os profissionais de saúde de repetirem tratamentos e análises laboratoriais previamente solicitadas por médicos.

A nota divulgada pelo Conselho destaca ainda que a decisão respeita a legislação própria da enfermagem e preserva as competências dos médicos, previstas na Lei do Ato Médico.

Greice Fernandes Diretora Operacional da SEMSA

Mas de acordo com a diretora operacional da secretaria de saúde de Itaituba, essa decisão poderá sim  comprometer a qualidade do atendimento nas unidades de saúde do município.

Fonte: http://www.plantao24horasnews.com.br/ com informações do repórter Marinaldo Silva.


Postar um comentário

0 Comentários