COORDENAÇÃO DO SINTEPP E DIREÇÃO DE FACULDADE SE POSICIONARAM CONTRA O PROJETO DE LEI DE AUTORIA DO VEREADOR WESCLEY E ELOGIARAM OS VEREADORES QUE VOTARAM CONTRA A APROVAÇÃO DO PROJETO.

A sessão foi acompanhada por um grande numero de alunos do ensino médio, professores, representante de faculdade e a coordenação  do SINTEPP. 



Foi uma sessão polemica que esquentou ainda mais quando o vereador Wescley rasgou copias de documentos encaminhados pelas procuradorias da câmara e da prefeitura.


Wescley estava com uma grande torcida a seu favor no auditório da câmara, mas nem isso, nem seus argumentos foram  suficientes para convencer os vereadores a voarem pela aprovação do projeto de lei que garantia o uso da escola castelo branco por uma faculdade particular.

Celso Noronha Coordenador do SINTEPP

O coordenador do SINTEPP que também esteve presente na sessão falou sobre o projeto de lei, Celso Noronha também se posicionou contra a iniciativa do vereador Wescley e a favor dos parlamentares que votaram pela rejeição da lei.

Abel  Almeida Diretor da FAI

Abel Almeida da faculdade de Itaituba também acompanhou a sessão e elogiou a postura dos vereadores que foram contra o projeto de lei e criticou a postura de Wescley ao rasgar documentos durante a sessão.

Vereador Wescley Tomaz.

Sobre sua atitude durante a sessão quando rasgou as copias de documentos, Wescley disse que não estava nada programado e que agiu no calor da emoção durante as discussões.

Fonte: http://www.plantao24horasnews.com.br/ com informações do repórter Marinaldo Silva.

Postar um comentário

0 Comentários