Top Ad unit 728 × 90

Caso Dorothy: Taradão volta para o presídio de Altamira

Polícia Federal cumpriu mandado de prisão contra mandante do assassinato de Irmã Dorothy Stang.

No início da tarde desta quarta-feira (13) Regivaldo Pereira Galvão, conhecido como Taradão, de 52 anos foi preso pela Polícia Federal em sua residência. Ele está foragido desde o ano passado quando foi divulgado o mandado de prisão. Após ser preso ele foi levado para a delegacia da Polícia Federal e encaminhado para o Centro de Perícias Renato Chaves.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado (TJE), todos os cinco envolvidos no crime foram condenados e cumprem pena. Somente Regivaldo Pereira Galvão, condenado há 30 anos de prisão, havia recorrido da sentença em liberdade.

Entenda o caso:

O crime de homicídio aconteceu há doze anos, a missionária norte-americana Dorothy Stang foi assassinada em um assentamento na cidade de Anapu, que fica a 142 km de Altamira, no sudoeste do estado. Dorothy lutava pela reforma agrária na região, o caso teve repercussão internacional. O processo corre em Belém por isso não há detalhes da investigação. Após os exames no IML em Altamira, Taradão foi levado para o Centro de Recuperação Regional da cidade.

Texto e foto: Athaynara Farias

Caso Dorothy: Taradão volta para o presídio de Altamira Reviewed by Weslen Reis on 18:58:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados Plantão 24horas News © 2017
Powered by Blogger, Customizado por: Ideal Comunicação

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.