Top Ad unit 728 × 90

JURUTI TESTA MODELO DE EMPREENDEDORISMO COMUNITÁRIO VOLTADO PARA O TURISMO

Um projeto experimental de empreendedorismo comunitário está sendo testado na comunidade do Miri, no município de Juruti, no oeste do Pará. As ações são voltadas a movimentar o turismo na região que possui além das belezas naturais, um projeto de manejo de quelônios. As ações de preservação e soltura dos quelônios atrai olhares de visitantes, turistas, crianças, jovens e adultos.


No empreendedorismo comunitário, as ações são desenvolvidas pela própria comunidade com o objetivo de alcançar um resultado comum e partilhado pelos comunitários. Participam grupos de pessoas, famílias e organizações que visam um objetivo comum, que é transformar o Miri em um ponto turístico.
A comunidade do Miri é conhecida na região por ter belas praias, povo acolhedor e principalmente, por fazer parte do Programa Manejo de Quelônios de Juruti (PMQJ). Há sete anos a comunidade trabalha incansavelmente na preservação dos quelônios e dos seus ovos, sempre focada no desenvolvimento sustentável.
De acordo com o Projeto Quelônios da Amazônia de Juruti, a previsão é de que nos próximos 4 anos esse modelo de gestão socioambiental seja uma alternativa de sucesso, a partir da captação de turistas de todo o brasil para conhecer as belezas amazônicas.
Ações
Na sexta-feira (29) houve a soltura de 4.100 quelônios e a programação contou apresentação de poesia, paródia, dança e o concurso da Garota Quelônios. Aproximadamente 60 pessoas que foram fazer a soltura contribuíram comprando o kit com blusa, boné e café da manhã.
Toda renda arrecadada foi revertida ao Programa Quelônios, que ajuda a movimentar a economia local.
Programa de Manejo
Em 2013, foi sancionada a Lei Municipal 1066, que criou o Programa Manejo de Quelônios, coordenado pela SEMMA. No Lago das Piranhas, uma programação especial reuniu visitantes e moradores da região. O pesquisador do Ministério da Ciência e Tecnologia, Fábio Cunha, que também é o responsável pelo Departamento de Área Protegida da SEMMA, falou que esse trabalho pretende sensibilizar a população e a comunidade em geral para a preservação dos quelônios.

Esta foi a segunda soltura do ano. A primeira aconteceu no dia 25 de fevereiro, no Lago Tucunaré, região do Curumucuri, quando foram soltos 786 quelônios. Essa soltura tem um significado muito grande para a biodiversidade, ecoturismo e para a preservação e manutenção das espécies.
                                                                                                               (INFORMAÇÕES DO PORTAL LIGAÇÃO VIA G1)
JURUTI TESTA MODELO DE EMPREENDEDORISMO COMUNITÁRIO VOLTADO PARA O TURISMO Reviewed by Weslen Reis on 11:17:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados Plantão 24horas News © 2017
Powered by Blogger, Customizado por: Ideal Comunicação

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.