CRIANÇA DE ALENQUER É O PRIMEIRO CASO SUSPEITO DE FEBRE AMARELA NO PARÁ

Um menino de 11 anos, morador da zona rural de Alenquer, é o primeiro caso suspeito de febre amarela no oeste do Pará. O paciente deu entrada no hospital do município com sintomas que assemelhavam aos da doença. No ínicio da semana ele foi transferido para Pronto Socorro de Santarém e em seguida para o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA).



No HRBA foi coletado material para exames de confirmação pelo Laboratório Central do Estado (Lacen). O resultado deve sair em até 30 dias. Por enquanto, a criança está recebendo cuidados médicos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
De acordo com o HRBA, além da febre amarela, há também a suspeita de leptospirose, doença transmitida pela urina e fezes de roedores.

Na caderneta de vacinação do menino não consta a imunização contra a febre amarela, segundo informou o Pronto Socorro de Santarém, o que aumentou ainda mais a preocupação com o estado clínico do paciente, pois em Alenquer foi encontrado um macaco morto possivelmente pela doença. Amostras do animal foram coletadas e enviadas para exames, que confirmaram a suspeita. A comunidade onde a criança mora fica próxima ao Ramal do Escondido, local onde o primata foi achado.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), todas as providências em casos suspeitos são adotadas para que a investigações dos casos sejam feitas.


Por: http://www.radioligacao.com.br/

Postar um comentário

0 Comentários