Top Ad unit 728 × 90

'Maior massacre do sistema prisional do AM', diz secretário sobre rebelião, mas de 60 mortos e cerca de 20 decapitados

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Sérgio Fontes, confirmou 60 mortes após a rebelião ocorrida no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, no km 8 da BR-174, que liga Manaus a Boa Vista (RR). IMAGENS FORTES: 







A rebelião foi considerada pelo secretário como "o maior massacre do sistema prisional do Amazonas". Ainda não há confirmação oficial do número de fugas, mas a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) chegou a dizer ao G1 que mais de 130 detentos estão foragidos. Atualmente, o Compaj abriga 1.229 detentos. O motim começou no domingo (1º) e terminou na manhã desta segunda-feira (2), após mais de 17 horas. Um inquérito da Polícia Civil foi aberto para apurar o ocorrido. De acordo com Fontes, todos os mortos são integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) e presos por estupro. Até as 10h (horário de Manaus) desta segunda, a secretaria havia contabilizado 60 mortes. O secretário afirmou ainda que uma facção rival comandou a rebelião, que "não havia sido planejada previamente". "Esse foi mais um capítulo da guerra silenciosa e impiedosa do narcotráfico", disse Fontes. O secretário Sérgio Fontes afirmou que integrantes da facção Família do Norte (FDN) comandaram a rebelião. http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2017/01/maior-massacre-do-sistema-prisional-do-am-diz-secretario-sobre-rebeliao.html
'Maior massacre do sistema prisional do AM', diz secretário sobre rebelião, mas de 60 mortos e cerca de 20 decapitados Reviewed by Weslen Reis on 15:21:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados Plantão 24horas News © 2017
Powered by Blogger, Customizado por: Ideal Comunicação

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.