Polícia Civil prende acusados de furtos de gado no Marajó e no Amapá

A Polícia Civil de Soure desarticulou parte de uma associação criminosa interestadual envolvida em furto de gado que atuava nos municípios de Soure, Salvaterra, Cachoeira do Arari e no Estado do Amapá. Ao todo foram cumpridos 3 mandados de prisão temporária. Foram presos Abmael Cordeiro Vilar e Orlando Junior Gemaque Barbosa, em Salvaterra; e Marcus Abreu Marques, no município de Santana, no Amapá.

Eles são acusados de participação no furto da fazenda São Sebastião, em Soure, na madrugada do dia 24 de abril deste ano, quando foram furtadas 70 cabeças de gado. As investigações apontaram que Orlando Junior teria realizado o furto, Marcus Abreu era o motorista da balsa boiadeira José Braga, pertencente ao Estado do Amapá, e Abmael Cordeiro foi quem conduziu a balsa até o porto da fazenda.

O delegado Luciano Cunha informou que as investigações já duram seis meses. "Finalmente começamos a desarticular essa associação criminosa que vinha causando grandes prejuízos aos pecuaristas locais. Em breve a Polícia Civil dará mais respostas sobre o andamento do trabalho no combate à prática do crime", finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários